Pagamentos do Bolsa Família poderão ser recebidos no Caixa Tem

Atualmente, o pagamento do Bolsa Família é feito através do Cartão Cidadão. Segundo o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, o banco pretende utilizar o aplicativo Caixa Tem, que é utilizado para pagar benefícios como o auxílio emergencial. De fato, em breve os pagamentos do Bolsa Família poderão ser recebidos no Caixa Tem.

Assim, o aplicativo começará a efetuar o pagamento do Bolsa Família.  Entretanto, essa migração será feita de forma gradativa. Além disso, as formas de saques tradicionais continuarão funcionando. Isso significa que, além de atuar com principal forma de recebimento das parcelas do auxílio emergencial, o Caixa Tem ganhará uma nova funcionalidade.

Em breve, os beneficiários do Bolsa Família também poderão utilizar o aplicativo para maior facilidade na hora de ter acesso ao valor pago pelo Governo Federal.

Poupança Digital Caixa Tem

A Poupança Digital Caixa Tem foi criada para ajudar os brasileiros durante a pandemia causada pelo novo Coronavírus. Dessa forma, é possível receber benefícios como o auxílio emergencial, seguro desemprego e o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), através desta poupança digital.

Esta novidade será possível graças ao modo que o Caixa Tem funciona. Isso significa que, a poupança digital que o aplicativo abre para cada beneficiário, facilitará o acesso ao Bolsa Família. Assim, o Caixa Tem será um aplicativo central para acesso aos benefícios mais requisitados no país.

Se o cidadão possui o direito a algum benefício, a conta é criada de forma automática. Assim, ela tem todas as funções exigidas de um banco, como transferência, pagamento de boletos e saques. Entretanto, logo que o benefício acaba, a conta é encerrada. Pagamentos do Bolsa Família poderão ser recebidos no Caixa Tem? Possivelmente no futuro.

Conheça os requisitos

Para ter acesso ao Bolsa Família, os brasileiros precisam cumprir alguns requisitos. Isso porque o governo federal estabeleceu algumas regras. Assim, os pagamentos do Bolsa Família poderão ser recebidos no Caixa Tem, mas é necessário se enquadrar nas opções adiante:

  • Família com renda mensal de até R$ 89,00 per capita, no caso de extrema pobreza;
  • Renda mensal per capita entre R$ 89,01 e R$ 178,00 para famílias pobres;
  • Se enquadram na última situação (famílias pobres) aquelas que possuam gestantes e crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos na família;
  • Famílias inscritas no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico), tendo atualizado os dados há pelo menos dois anos.

Caso você cumpra com todos os requisitos acima, poderá solicitar seu cadastro no programa Bolsa Família. Confira a seguir como criar seu cadastro.

Como se cadastrar no Bolsa Família?

As famílias vulneráveis que se enquadram nos requisitos do Bolsa Família, devem fazer a inscrição no Cadastro Único (CadÚnico). Porém, para fazer o cadastro do CadÚnico, é necessário ir ao Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) mais próximo. Isso significa que não é possível fazer o cadastro pela internet.

Entretanto, não existe garantia de que você terá seu cadastro aprovado para ser beneficiário do Bolsa Família de imediato. Isso ocorre pois o Governo Federal realiza toda uma análise em um sistema informatizado. Assim, consegue garantir que o dinheiro chegue a quem realmente necessita. Após o benefício ser concedido, ele pode ser cortado caso a família descumpra alguns dos requisitos.

Se a família for selecionada para o programa, um cartão de saque é enviado pelos Correios. O Cartão Bolsa Família é emitido pela Caixa Econômica Federal, e acompanha um panfleto explicando como utilizá-lo, como ativa-lo e como efetuar saques, juntamente com um calendário de saque.

As informações do cadastro no Bolsa Família devem receber atualização a cada dois anos, mesmo se não houver alteração de residência ou da renda. Portanto, nunca deixe de atualizar seus dados, para não correr o risco de perder seu benefício. Por fim, os pagamentos do Bolsa Família poderão ser recebidos no Caixa Tem, é só aguardar!

Deixe um comentário